Pular para o conteúdo principal

Games: Revivendo alguns clássicos (parte 2)

Olá leitores, como prometido, aqui vai a segunda parte do post Revivendo alguns clássicos, no qual, eu conto um pouquinho para vocês, de alguns jogos que eu jogava muito, na minha infância/adolescencia, enfim, esses jogos já são um pouco mais a frente daqueles do primeiro post, não são tão clássicos, mas são muito bem lembrados também. A maioria (ou todos) os jogos desse post, eu jogava no PS1.

                             (Dunga, meu cachorro, também deu o ar da graça na foto)

Crash Bandicoot
Com certeza um dos jogos que mais joguei na minha vida, sempre foi um dos meus jogos favoritos de aventura, eu confesso que não gostei tanto da nova versão que joguei para Xbox, é legal, porém não se compara ao da versão para PS1, épico.


Tony Hawks Pro Skater
Influenciada pelos meus irmãos, joguei muito esse jogo também, e acabei gostando muito também, era um dos meus vícios, foi daí que comecei a gostar e ver graça em skate. E a conhecer Tony Hawks, Bam Margera, Jackass.. e por aí vai.


Smack Down
Faz muito tempo que não jogo esse jogo, muito mesmo, e tenho saudades, pois me divirtia muito com minha prima, agente pirava muito, um dos melhores jogos que ja joguei do gênero, o bom desse jogo é que ele nos dá varias oções em tudo, além de podermos montar nosso player, podemos usar vários objetos e cenários nas lutas, jogar com vários jogadores, acho digno por se tratar de um jogo de luta livre, e o mais legal ainda é que é possivel bater no juiz também, hahah.


Medal Of Honor
Quase um CS da vida, eu quebrei muito a cabeça nesse jogo cheio de mistérios e segredos a serem descobertos, bem interativo legal e bem bolado. Para quem não conhece e curte o estilo jogos de guerra vai adorar Medal Of Honor.


Dino Crissis
Sempre adorei dinossauros, e esse foi o jogo mais legal que joguei sobre nossos queridos pré-históricos, confesso que tinha um pouco de medo, e mais assistia meu irmão jogando doque eu mesma jogava, mas fez muito parte da minha vida. O meu único problemas com esses jogos que você tem que matar alguém, alguma coisa, é o medo absurdo de morrer, não sei explicar. Mas enfim, me lembro muito bem de quase todas as fases desse jogo, de tanto assistir meu irmão jogar, várias vezes, e me lembro que sempre ficava triste no final do jogo quando todos os dinossauros morriam, afinal, eles são animais (são?).


Resident Evil
Esse jogo com certeza é um clássico não apenas para mim, mas para muita gente também, não apenas o jogo, mas o filme também, mas claro, principalmente o jogo. Não vou enganar ninguém, confesso que morria de medo de jogar (pelo motivo que expliquei no Dino Crissis), e porque eu tinha muito medo do Nemesis (se bobeiar ainda tenho, rs), mas mesmo assim, as vezes arriscava.


Silent Hill
Para esse eu digo praticamente a mesma coisa que eu disse do Resident, um jogo que eu tinha um pouco de medo, mas gostava, e sempre ajudava e assistia meus irmão e primos jogando, adoro o filme também, só que nesse jogo, e no filme também eu tinha (tenho..) medo daquele maluco do machado na cabeça que anda com um puta facão matando todo mundo. Um jogo bem complexo, quebre a cabeça tentando desvendar os mistérios por trás de Silent Hill.


Need For Speed: Underground
Não falei de nenhum jogo de corrida em nenhum dos dois posts, pois bem, aqui esta um que eu realmente adoro, talvez meu jogo de corrida favorito, e que não poderia faltar nessa seleção. Essa é a minha versão favorita desse jogo e eu jogava no PS2, o bom desse jogo também, é que podemos montar carros muito legais, é claro que você precisa correr e ganhar dinheiro para isso, mas conforme você vai ganhando, mais legal fica seu carro, adoro.


                                                                 Tomb Raider
Quem poderia esquecer da nossa querida Lara Croft em suas aventuras, no jogo Tomb Raider, admito que só joguei a versão para PS1, não sei quanto as outras versões, mas quebrei muito a cabeça tentando desvendar e chegar até o final desse jogo, mas sem muito sucesso, não faço idéia de como termina, mas confesso que tentei, muito, quem sabe um dia.

Bom galerinha, esses foram alguns dos jogos que mais marcaram a minha vida, infância/adolescencia, quem não viu a primeira parte desse post, é só seguir alguns posts anteriores ou melhor, para facilitar para vocês, é só clicar aqui. Espero que tenham gostado, talvez, eu faço mais um post desse contando um pouco sobre meus jogos atuais favoritos, e não esqueçam de comentar, até a próxima.

Comentários

Postar um comentário

Obrigado por comentar, volte sempre!

Por favor, comente algo SOBRE o post
Seja sincero(a) ao comentar, pois prefiro sofrer com a verdade ao ser iludida pela mentira.

Postagens mais visitadas deste blog

3 DIY em 1: Estampas de T-shirts

Olá meus queridos e amados <3
Sem maiores esclarecimentos sobre o sumiço, cá estou eu com mais um post lindo, caprichado e feito com muito amor e carinho especialmente para vocês, finalmente!
E o post de hoje na verdade, é mais pra divulgar o vídeo novo do canal, pra quem ainda não é inscrito, e aproveita e corre lá e se inscreve também se você ainda não for inscrito, pra conferir as novidades do canal.
E no vídeo/post de hoje eu trago 3 DIY em 1 para vocês, que eu sei que a grande maioria adora ver post e vídeo de DIY, assim como eu também adoro ver e fazer coisinha novas e diferente, e nesse vídeo ensino vocês a fazer 3 modelos de estampas que a propósito estão super em alta:


Confira o DIY na íntegra:



No primeiro DIY, usei itens básicos como, uma t-shirt preta básica, um pedaço de tecido florido, desenho de âncora (ou qualquer outro de sua preferência), tesoura, cola para tecido ou linha e agulha. Resultado:


 Pra quem quiser o desenho da âncora para imprimir ou desenhar também:

(

Especial: Piercings

Olá, eu sou uma grande apreciadora da arte e modificações no corpo, inclusive sou adepta (por enquanto) apenas do alargador, e do piercing na orelha o Helix, mas futuramente pretendo colocar piercing e fazer algumas tattos, mas enfim, hoje vou falar um pouco para vocês sobre um de meus desejos e assunto favoritos, os piercings. Muitos não sabiam, mas essa tradição surgiu em povos antigos como os maios e os faraós, que , na época, grande parte dessas tradições eram feitas para marcar castas sociais, hoje em dia é quase a mesma coisa, mas para diferenciar grupos de jovens que são as chamadas "tribos urbanas". Os esquimós também usavam, o piercing do lábio e na língua significavam o momento da transição para o mundo adulto se também, que a criança tinha se tornado caçador, já na Índia,  é muito comum, sobretudo as mulheres, furarem o nariz, o septo nasal e as orelhas. Se você também esta afim de aderir o seu, se liga só nas dicas:



DIY: Burn Book - Livro do Arraso (Meninas Malvadas)

Olá pessoal, como estão?!
Cá estou eu com mais um vídeo de DIY para vocês, e dessa vez decidi fazer um item inspirado em um filme que adoro, e tenho certeza que vocês também, que é o Burn Book, ou Livro do Arraso, do filme Meninas Malvadas, praticamente um clássico filme de menininha que todo mundo adora.
Eu confesso que vi esse tutorial na internet, não fui eu que tive a ideia inicial, mas adaptei do meu jeito e decidi compartilhar com vocês essa ideia também.






Pra quem não sabe, ou ainda não assistiu o filme (assista por favor!) o Burn Book, ou Livro do Arraso, é um livro rosa que as quatro amigas, protagonistas do filme, usam para fazer bullyng com as pessoas da escola onde estudam, escrevendo verdades ou não sobre os colegas e isso inclui até mesmo o diretor e outros funcionário do colégio também.
Mas sem mais enrolação, vamos ao tutorial: 





E para fazer o seu Burn Book, este é o molde impresso que vocês podem usar, assim como usei:

Resultado:




Bom pessoal é isso, como puderam ver é …