Pular para o conteúdo principal

Série: The Walking Dead

Olá meus preciosos leitores, agora vou falar para vocês um pouquinho de uma série simplesmente foda que tenho acompanhado. Para aqueles ligado em seriados, com certeza já devem ter visto ou ouvido falar, mas para os leigos, que gostam de terror, zumbis e sangue, provavelmente irão gostar de The Walking Dead, assim como eu, pois a série se trata basicamente disso.





Tudo começou em 2003 nos quadrinhos, publicada pela Image Comics nos Estados Unidos. A série não teve grandes vendas durante seu lançamento, mas ganhou grande popularidade com o tempo. Em 2006, a primeira tiragem da trigésima terceira edição da série esgotou em apenas 24 horas, um sucesso! Devido ao sucesso no HQ, também foi criado uma versão em mangá. Com isso, os produtores decidiram criar a série, que estreou em 2010 nos Estados Unidos (avá).





The Walking Dead é centrada em Rick Grimes, um oficial de polícia da pequena cidade de Cynthiana, no estado do Kentucky. Também acompanha a trajetória de sua família e uma série de outros sobreviventes que se uniram para manterem-se vivos depois que o mundo foi infestado por zumbis. Com o progresso da série, as personagens tornam-se mais desenvolvidas e suas personalidades são demonstradas sob a tensão de um apocalipse zumbi, especialmente a de Rick.


No início da série, Rick e seu parceiro Shane participam de um tiroteio e Rick é baleado, entrando em coma. Ao acordar em um hospital, ele descobre que os mortos-vivos infestam o edifício e cidade inteira está destruída e deserta. Bem, não completamente deserta afinal... Rick retorna para casa e vê que sua família não está lá, ao vagar pela rua encontra Morgan e Dwayne Jones, que lhe explicam tudo o que está acontecendo no mundo desde que ele entrou em coma. Ao saber de Morgan que em Atlanta foi montada uma base militar de refugiados e decide partir para lá, na esperança de encontrar sua esposa Lori e seu filho Carl. Ao partir para lá ele então descobre que a base militar não mais existe e que Atlanta está repleta de zumbis. Enquanto é perseguido pelos "zumbis" alguem o puxa para um beco, então descobre-se ser um rapaz chamado Glenn, um entregador de pizzas, que faz parte de um bando de sobreviventes. Com sua ajuda, Rick consegue escapar da cidade, saltando sobre os prédios.


Seguindo Glenn, Rick descobre que o grupo de sobrevivente do qual Glen faz parte também é integrado por sua esposa Lori e seu filho Carl, que estão bem. Seu ex-parceiro Shane também sobreviveu e está lá, mas este último não fica nada feliz ao ver que Rick está vivo e bem, uma vez que ele havia começado a relacionar-se com a esposa de Rick, Lori e já tratava Carl como se fosse seu próprio filho. Rick também conhece outros sobreviventes do grupo, que fica feliz em agora contar com um policial e bom atirador para juntar-se a eles. O grupo procura por um lugar para chamar de lar, estabelecendo-se em vários acampamentos temporários - incluindo uma prisão - que chama a atenção de um homem louco que se autodenomina "O Governador". O Governador administra a sua pequena comunidade de sobreviventes chamada Woodbury como um ditador, e tortura Rick e outros membros de seu grupo, o que culmina em um grande ataque contra a prisão. Vários dos principais personagens morrem na batalha, incluindo o próprio Governador. Após a prisão deixar de ser um lugar seguro devido ao ataque, Rick e os membros sobreviventes seguem para Washington em uma tentativa de achar a cura para a infecção. Porém acabam encontrando humanos canibais no caminho, e também uma cidadezinha fechada e segura - mas que esconde um grande segredo.


Eu, muito fã de terror, zumbis e muito sangue, e também de séries, estou acompanhando TWD, até agora estou na 1° temporada,  e a série está na 3° temporada. Em fevereiro de 2012 foram divulgadas as primeiras imagens de um video game baseado na série. E além disso, The Walking Dead chega ao mundo dos jogos de tabuleiro, em um novo lançamento da Z-Man Games, também.
Enfim, fica a dica para vocês quem curtem séries do gênero, eu estou acompanhando e adorando, esperamos que venham muitas outras temporadas por aí, espero que tenham curtido e até a próxima.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

3 DIY em 1: Estampas de T-shirts

Olá meus queridos e amados <3
Sem maiores esclarecimentos sobre o sumiço, cá estou eu com mais um post lindo, caprichado e feito com muito amor e carinho especialmente para vocês, finalmente!
E o post de hoje na verdade, é mais pra divulgar o vídeo novo do canal, pra quem ainda não é inscrito, e aproveita e corre lá e se inscreve também se você ainda não for inscrito, pra conferir as novidades do canal.
E no vídeo/post de hoje eu trago 3 DIY em 1 para vocês, que eu sei que a grande maioria adora ver post e vídeo de DIY, assim como eu também adoro ver e fazer coisinha novas e diferente, e nesse vídeo ensino vocês a fazer 3 modelos de estampas que a propósito estão super em alta:


Confira o DIY na íntegra:



No primeiro DIY, usei itens básicos como, uma t-shirt preta básica, um pedaço de tecido florido, desenho de âncora (ou qualquer outro de sua preferência), tesoura, cola para tecido ou linha e agulha. Resultado:


 Pra quem quiser o desenho da âncora para imprimir ou desenhar também:

(

Especial: Piercings

Olá, eu sou uma grande apreciadora da arte e modificações no corpo, inclusive sou adepta (por enquanto) apenas do alargador, e do piercing na orelha o Helix, mas futuramente pretendo colocar piercing e fazer algumas tattos, mas enfim, hoje vou falar um pouco para vocês sobre um de meus desejos e assunto favoritos, os piercings. Muitos não sabiam, mas essa tradição surgiu em povos antigos como os maios e os faraós, que , na época, grande parte dessas tradições eram feitas para marcar castas sociais, hoje em dia é quase a mesma coisa, mas para diferenciar grupos de jovens que são as chamadas "tribos urbanas". Os esquimós também usavam, o piercing do lábio e na língua significavam o momento da transição para o mundo adulto se também, que a criança tinha se tornado caçador, já na Índia,  é muito comum, sobretudo as mulheres, furarem o nariz, o septo nasal e as orelhas. Se você também esta afim de aderir o seu, se liga só nas dicas:



Inspiração + Looks: Colete Jeans

Hey leitores, como estão?! Eu sei que estou sumida, é que ando um pouco sem motivação e 'disposição' pra postar aqui, e bem preguiçosa também pra ser sincera, coisa que me deixa bem triste pois eu adoro estar sempre atualizando o blog com novidades e muita coisa boa pra vocês, mas enfim, isso não vem ao caso, esse post eu já queria fazer a algum tempo, porém, só resolvi postar agora mesmo, pois já faz um tempinho que não posto nada sobre moda e looks por aqui mesmo, então, a nossa peça alvo de hoje será os coletes jeans, que eu adoro e uso muito!


E agora que estamos na primavera, é uma peça chave pra deixar qualquer look casual e descontraído, cai bem com quase tudo, é claro, sabendo usar e combinar as peças, eu confesso que uso e abuso de colete jeans, sério, fica bem com qualquer peça que eu use, seja um simples jeans com uma blusinha de banda, ou vestido, saia, shorts, enfim, uma peça que dispensa muitos comentários pela sua versatilidade da hora de combinar e que também nu…